Famiage – Já ouviu esse termo? Post Atualizado!

Na Cia de Arquitetura existe uma categoria especial de projetos batizada pela Alessandra Diamante como “Famiage”. Projetos desta categoria são aqueles que fazemos para nossos familiares, quase (eu disse quase) sempre sem cobrar mas com prazo de entrega curtíssimo, geralmente o famoso “pra ontem”.

Projetos Famiage são desenvolvidos praticamente sozinhos, pelo arquiteto da família, os outros 3 da Cia trabalham apenas como bons palpiteiros.

Vou postar aqui imagens de um desses projetos que o cliente gostou muito. Sabemos disso porque não existem clientes mais sinceros do que os da categoria Famiage! (risos)

Vale ressaltar o elemento direcionador deste projeto. Um excelente lote em aclive com um ipê amarelo lindo, já existente, que será preservado a pedido da matriarca e da arquiteta/filha.

Sketch 01

Sketch 04

Sketch 03

 

Vejam abaixo fotos da obra finalizada!

 

Anúncios

7 Responses to “Famiage – Já ouviu esse termo? Post Atualizado!”


  1. 1 Leonardo Araujo 11/01/2010 às 2:55 pm

    Lindo mesmo o projeto! Parabéns a quem o executou.

  2. 2 Cristina 09/02/2010 às 6:33 pm

    Não conhecia o termo, mas é muuuuuuito bom, e é exatamente o que acontece. O projeto ficou ótimo.

  3. 3 luis 05/09/2011 às 9:43 am

    parabéns pelos projetos ! As casas parecem ser bem confortáveis e com design fantástico!!! palavra de arquiteto…rss…

  4. 4 Thays Davanço 16/07/2012 às 8:35 pm

    Que lindo que ficou com o ipê amarelo preservado. Parabéns pelo projeto!

  5. 5 Luana 24/07/2012 às 11:21 am

    Olá! Adorei o projeto! Qual o programa utilizado para a perspectiva? Ficou lindo!

  6. 6 Thiago 24/07/2012 às 4:03 pm

    Olá Luana. Utilizamos o Google Sketchup.

  7. 7 Gabriela 16/08/2012 às 4:17 pm

    Adorei o projeto! Parabéns!! Gostaria de saber a metragem do terreno e da construção se possivel!! Obrigada


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Follow Blog Cia de Arquitetura on WordPress.com
Fechando a semana de posts sobre 🌿TELHADO VERDE🍀 aqui na Cia de Arquitetura (Se você perdeu, acompanhe os posts anteriores)

Uma vez finalizadas as camadas sobre a laje:
Impermeabilização, proteção mecânica, proteção anti-raízes, camadas drenantes e filtrantes é hora de colocar a TERRA!

Opa, péra lá... Muito cuidado nessa parte. A terra tem um peso próprio muito elevado, o que pode aumentar muito a carga da laje. Portanto, o que se usa geralmente são SUBSTRATOS próprios para cultivo, que você consegue em qualquer loja de paisagismo. 
Para efeito de economia, pode-se misturar uma camada fina de terra de cultivo ao substato, mas tudo vai depender da carga que sua laje suporta.❗👷 Agora é só escolher as espécies e fazer o plantio! Vamos postar uma foto desse jardim pronto logo logo!

#Telhadoverde #terraçojardim #arquitetura #sustentabilidade Dia de visita a obra. Casa na fazenda. Por CIA DE ARQUITETURA ✔️ Para os interessados por ter um 🌿TELHADO VERDE🌿 que estão acompanhando nosso passo-a-passo desta semana, o vídeo mostra a execução da próxima etapa. Após concluído o teste de estanqueidade, aplica-se sobre a laje uma camada de cimento magro e por cima uma camada de argila expandida, a fim de arejar as raízes e facilitar o escoamento da água. Sobre a argila, instala-se a manta geodrenante. Esta manta irá filtrar a água impedindo que partículas de terra e raízes entrem pela tubulação de queda da água pluvial. O vídeo foi feito em uma das casas projetadas pela CIA DE ARQUITETURA ✔️ Dando sequência ao post anterior sobre como fazer um 🌿TELHADO VERDE🌿, após a aplicação da manta asfáltica é feito o TESTE DE ESTANQUEIDADE para detectar possíveis infiltrações, caso haja. Para o teste, a laje precisa ficar imersa por 72 horas.

%d blogueiros gostam disto: