O tripé das residências | Live – Sleep – Play

Condições naturais perfeitas, programa de necessidades perfeito e cliente perfeito. Tá bom, isso todas revistas especializadas da nossa área nos mostram todo dia, o lance agora é interpretar melhor o que somente alguns percebem quando lêem uma revista ou visitam uma amostra de design e arquitetura.

O que vou mostrar aqui não significa que deverá ser aplicado na íntegra em qualquer tipo de construção residencial, são conceitos muito bem definidos e executados por uma “Fábrica de residências” da África do Sul, a Ecomo.

O pessoal da Ecomo pegou o princípio básico que aprendemos lá na faculdade e o lançou em larga escala no mercado. “Quais ambientes são necessários para uma residência?” – Pontualmente é complicado, mas sabemos que de maneira genérica são: Social, Íntimo, Serviços e Lazer. Como uma bela casa no campo ou praia “Serviços” não é muito bem-vindo este foi unido ao “Social” (chamado aqui de Live), afinal de contas é na cozinha onde tudo acontece.

Muito me chamou a atenção a leveza dos ambientes e o aconchego que estes nos traz. O piso de madeira, as ferragens das esquadrias de vidro escuras e as portas contribuiram muito para um ambiente acolhedor.

A Ecomo fabrica cada ambiente individualmente que são montados em módulos diretamente no terreno. Os módulos básicos são Live (social), Sleep (íntimo) e Play (lazer, som, TV). Aparentemente o cliente compra quantos módulos desejar. Vejam o catálogo do fabricante.

Encontrei no Inhabitat.

Anúncios

2 Responses to “O tripé das residências | Live – Sleep – Play”


  1. 1 Andre 14/12/2010 às 10:54 pm

    Olá, tudo bem? Gostei muito deste post e do blog como um todo. Parabéns pelos projetos desenvolvidos, mostra uma preocupação com o cliente e com a arquitetura. Uma dúvida, qual é programa que vocês usam para fazerem as persectivas?

    Um abraço e sucesso!

    André

  2. 2 Thiago 15/12/2010 às 9:41 am

    André, obrigado pelos comentários. O programa que utilizamos é o Google Sketchup.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Follow Blog Cia de Arquitetura on WordPress.com
Lugar de projeto é na obra! Vale amassado e sujinho mesmo, pra que tudo seja executado como o planejado. Projeto dobrado na pasta em casa não sai do papel 😉⚒📋👨🏻‍🏭 Quarto das filhas com generoso espaço para circulação. Destaque para a cabeceira única pela @globodecoracoes , para o mix de papéis de parede pela @regina_benati_interiores e para a penteadeira que as mulheres tanto amam. Fechando a semana de posts sobre 🌿TELHADO VERDE🍀 aqui na Cia de Arquitetura (Se você perdeu, acompanhe os posts anteriores)

Uma vez finalizadas as camadas sobre a laje:
Impermeabilização, proteção mecânica, proteção anti-raízes, camadas drenantes e filtrantes é hora de colocar a TERRA!

Opa, péra lá... Muito cuidado nessa parte. A terra tem um peso próprio muito elevado, o que pode aumentar muito a carga da laje. Portanto, o que se usa geralmente são SUBSTRATOS próprios para cultivo, que você consegue em qualquer loja de paisagismo. 
Para efeito de economia, pode-se misturar uma camada fina de terra de cultivo ao substato, mas tudo vai depender da carga que sua laje suporta.❗👷 Agora é só escolher as espécies e fazer o plantio! Vamos postar uma foto desse jardim pronto logo logo!

#Telhadoverde #terraçojardim #arquitetura #sustentabilidade Dia de visita a obra. Casa na fazenda. Por CIA DE ARQUITETURA ✔️

%d blogueiros gostam disto: